Gatilhos mentais: o que são e como podem ajudar o meu negócio?

Quem trabalha com publicidade já deve ter ouvido falar em gatilhos mentais, mas, mesmo que você não seja da área, é bem provável que já tenha sido ‘guiado’ por algum deles e até mesmo tenha sido convencido a tomar alguma ação, sem se dar conta.

No marketing de conteúdo, os gatilhos mentais são ferramentas super importantes e que, quando bem aplicadas, podem fazer o seu negócio aumentar as vendas e lucrar ainda mais.

Se você não sabe o que são os gatilhos mentais, continue a leitura desse texto.

O que são os gatilhos mentais?

Podemos dizer que os gatilhos mentais são aquelas decisões que o nosso cérebro toma no “piloto automático”, ou seja, decisões que não demandam por uma atenção especial, como se você já tivesse sido educado para realizar determinada ação.

Um exemplo? Você está com sede, mas não percebe isso até notar em uma propaganda de garrafas de água. O seu cérebro automaticamente faz uma ligação daquela água que você está vendo, com a falta de água do seu corpo e você toma imediatamente a decisão de se levantar e se hidratar. O que você viu e te deu o “estalo” para beber água é o que chamamos de gatilho mental.

Assim, podemos concluir que os gatilhos mentais funcionam como facilitadores do nosso cérebro na hora de realizar determinadas atitudes ou tomar algumas decisões.

Como posso usar os gatilhos mentais nas estratégias de marketing?

Já deu para perceber no nosso exemplo acima que muitas vezes o nosso cérebro é levemente influenciado para tomar determinadas decisões, não é mesmo?

E isso, na maioria das vezes, acontece porque as cenas que funcionam como gatilhos mentais despertam em nós determinadas necessidades e somos impelidos a saciá-las.

Por esse poder influenciador é que os gatilhos mentais são tão utilizados nas campanhas de marketing, fazendo com que, de alguma maneira, uma pessoa se sinta impelida e incentivada a fazer determinada compra que, sem o uso desses gatilhos mentais, talvez ela não faria.

Alguns exemplos de gatilhos mentais

Ok, você já compreendeu que, muitas vezes, é influenciado por determinados gatilhos mentais presentes nas publicidades e até mesmo em conteúdos na internet, mas ainda não consegue enxergar de que forma isso é feito?

Veja alguns exemplos de gatilhos mentais muito usados:

  • Escassez: o inconsciente do ser humano está programado para associar a escassez ao valor. Por isso, quanto mais raro é determinado item, mais valioso ele é. Assim, quando determinado produto é lançado e mostrado ao público como sendo algo único e raro, ele pode ser vendido a um preço maior, já que os consumidores estão pagando pela sua exclusividade. Se você está, por exemplo, planejando um evento para o seu negócio, divulga-lo como “vagas limitadas” ativa o gatilho mental da escassez, mostrando que, se apenas poucas pessoas podem participar do seu evento, é porque ele é valioso. Mas, lembre-se que se você não oferecer o que propõe, as pessoas podem sentirem-se enganadas e o marketing será negativo.
  • Urgência: com o tempo de decisão limitado, somos impelidos a tomar atitudes de forma inconsciente. O exemplo mais óbvio são as promoções com descontos grandes por um período de tempo limitado, o que faz com que muitas pessoas comprem determinado item “só porque ele estava muito barato” e não, necessariamente, porque tinham necessidade daquela compra.
  • Novidade: o novo desperta curiosidade e desejo de possuir o lançamento. Aqui, o gatilho da urgência também acaba sendo utilizado, já que muitas pessoas querem a versão mais nova de determinado produto e querem “pra ontem”, levando-as a tomar as decisões mais insanas, como as filas intermináveis para o lançamento de determinada versão de um celular.
  • Prova social: se todo mundo está fazendo algo, então esse “algo” deve ser incrível e você passa também a querer estar incluído no grupo de pessoas que fazem esse “algo”. Mas, para usar essa estratégia é preciso usar números reais ou você poderá realizar uma propaganda enganosa.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre os gatilhos mentais, pensa em usá-los nas suas estratégias de marketing? Se você quer alcançar resultados ainda mais expressivos, venha conversar conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


x

Related Posts

Nutrição de leads: o que é e como fazer?
Você já ouviu falar na expressão “nutrição de leads”? Pois saiba que essa é uma estratégia muito importante para que qualquer campanha de marketi...
Como converter leads em clientes? Aprenda agora mesmo!
Quando falamos em marketing digital, uma das principais dúvidas é como converter leads em clientes. Por leads podemos entender aquelas pessoas qu...
Como vender mais com o Facebook?
Não há como negar que as redes sociais estão cada vez mais se tornando itens indispensáveis em qualquer campanha de marketing, não é mesmo? Grand...
powered by RelatedPosts