fbpx

E-mail marketing funciona? Dicas dos gurus de marketing!

email marketing funciona

Embora seja um dos canais mais antigos e usados quando falamos em marketing digital, muitas pessoas ainda têm dúvidas se o e-mail marketing funciona e cumpre as metas a que se propõe.

O problema desse tipo de serviço é que muitas empresas acabam cometendo erros cruciais que impedem que o e-mail chegue ao seu destino, além de prejudicar a imagem da empresa.

Quais as práticas de mercado que impedem que seu e-mail marketing funcione?

Existem muitos erros que fazem com que a sua campanha de e-mail marketing não seja efetiva, mas os mais comuns que influenciam negativamente nesse serviço são:

Listas de e-mails compradas: mesmo que pareça tentador ter milhares de e-mails para enviar o seu conteúdo, essa é uma das práticas que mais colaboram para que o seu envio seja considerado spam pelos usuários e acabe deixando a sua empresa mal vista e fazem com que a sua marca perca a credibilidade.

Enviar muito e-mail: lotar a caixa de e-mails do seu cliente não irá fazê-lo comprar mais, pelo contrário. A única coisa que você conseguirá é deixar o seu consumidor irritado e, com o tempo, ele simplesmente irá parar de abrir os seus e-mails, tornando a sua campanha ineficiente.

Mandar o mesmo e-mail para toda a lista: segmentar os seus clientes por interesse, sexo, idade e outras categorias pode lhe ajudar na hora de pensar em conteúdos direcionados e que irão aumentar as chances de serem abertos. Por isso, nada de enviar o mesmo conteúdo para a lista toda de e-mails.

Como fazer uma campanha de e-mail marketing que funciona?

Bom, agora que você já sabe o que não fazer com o e-mail marketing, que tal pensar em estratégias que realmente façam com que essa ferramenta funcione e gere mais resultados? Veja algumas dicas importantes:

Crie leads: muito mais eficiente do que comprar listas de e-mails é criar leads direcionados, que ajudam você a segmentar o seu público e a ter contatos realmente interessados no que você tem a oferecer.  Os leads são aquelas páginas em que o cliente necessita preencher um pequeno cadastro para fazer uma ação, como baixar e-books, webinários, assistir vídeos e mini cursos gratuitos que ajudam a educar a sua clientela. Além desses, as promoções (como descontos e sorteios) também são leads muito eficientes.

Crie uma landing page: as landing pages são os “locais” onde acontecem os leads. É interessante que você crie uma página separada do seu site para esses cadastros e que ela esteja com um SEO adequado, além de ser otimizada para conversão e que, após a conversão, migre para a página da sua empresa.

Invista em newsletters: além das landing pages, você também pode conseguir uma lista qualificada incentivando seus clientes a assinarem a sua newsletter, principalmente se você possui um blog corporativo ou outras ferramentas de interação com conteúdos atualizados.

Segmente a sua campanha: existem alguns tipos de cliente e para cada um você deverá pensar em conteúdos diferenciados, como: para os que fazem o primeiro contato com a empresa (quando o usuário faz o seu cadastro através dos leads ou promoções), cliente ativo ou recorrente (aquele que sempre realiza compras com você ou que se cadastrou na sua newsletter), clientes esporádicos (que realizam compras ou ações de tempos em tempos), ex-clientes e outros tipos de segmentação como preferências, sexo, idade, etc.

Aproveite os e-mails transacionais:  sabe aquele e-mail que você recebe com uma senha nova ou outras orientações? Eles são chamados de transacionais e, em geral, são esperados pelos clientes, por isso possuem uma alta taxa de abertura. Que tal aproveita-los para incluir uma segunda conversão, como um convite para seguir a sua empresa nas redes sociais, fazer um download de um material complementar ou conversar diretamente com um consultor?

Automatize seu e-mail marketing: crie disparos para a “jornada” do seu cliente dentro do site, com e-mails que devem ser disparados para quem acabou de se cadastrar em um lead (pode ser, por exemplo, indicando outros materiais para baixar ou promoções diferentes), outros disparos para quem realizou determinada compra e assim por diante, criando um fluxo de comunicação constante e segmentado.

Acompanhe seus resultados: realize uma análise constante das métricas, como taxa de abertura, taxa de descadastro, taxa de cliques, entre outros que sejam importantes para que você possa saber se a sua campanha está ou não sendo efetiva (e quais passos precisam ser ajustados).

Com essas dicas, podemos afirmar que e-mail marketing funciona e é uma ferramenta poderosa na hora de criar uma comunicação direta com os seus clientes, manter a imagem da sua empresa mais fresca na memória dos mesmos e ainda ter uma maior conversão em vendas.

Ficou interessado no assunto? Venha bater um papo conosco hoje mesmo!

‪#‎marketing‬ ‪#‎marketingdigital‬ ‪#‎marketingdeconteudo‬ ‪#‎todadigital‬ ‪#‎agenciademarketing‬ ‪#‎presencaonline‬ ‪#‎autoridadedigital‬

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.