E-mail marketing: 6 erros que você precisa parar de fazer

e-mail marketing erros

Basta você dar uma pequena analisada na sua caixa de e-mails para perceber a quantidade de e-mail marketing que você recebe. Mas, vamos ser sinceros, quantos desses você abre e realmente se interessa pelo conteúdo? Poucos, não é mesmo? A maioria acaba caindo no spam e por lá permanece.

Pois esse é um indicativo importante de que a campanha de e-mail marketing dessas empresas não está sendo efetivo e, portanto, é apenas mais um gasto que não se reflete em aumento de vendas.

Mas, você sabe, o porquê essa comunicação não está sendo eficiente? Nós compilamos os 6 principais erros de e-mail marketing que você precisa parar de fazer hoje mesmo e que estão atrapalhando a sua taxa de abertura e a viabilidade do seu investimento.

  • Não ter uma base de contatos direcionada

Se você trabalha vendendo vários tipos de produtos ou serviços, será que todos da sua lista de contatos gostariam de receber o mesmo tipo de conteúdo? Com certeza não. Para aumentar as suas taxas de abertura é importante que você segmente a sua base de contatos.

Por exemplo, se você é um e-commerce de materiais para informática, segmente o seu público pelos tipos de produtos que eles mais compram ou visualizam. Assim, quando você for enviar promoções de câmera digital, por exemplo, terá uma taxa de abertura maior caso segmente esse envio para pessoas que têm afinidade com esse tema. Se você fizer um envio geral, pessoas que estão em busca de outros itens como impressoras e roteadores podem considerar o seu envio como spam.

Outra dica é enviar conteúdos segmentados de acordo com a posição do funil que se encontra o seu consumidor. Se ele ainda está mais na fase de pesquisa sobre determinado produto, pode se interessar por um conteúdo que compare itens ou que fale sobre as vantagens de determinado modelo. Já se eles está buscando finalizar a compra, e-mails de promoções e vantagens são mais fáceis de serem abertos.

  • Não se importar com o título

O título é uma das partes mais importantes do seu e-mail marketing e deve ser pensado de maneira estratégica, buscando atiçar a curiosidade do seu cliente ou potencial cliente, de modo a fazê-lo abrir o e-mail. Lembre-se é preciso ter coerência com o conteúdo do e-mail, além de fazer com que o seu envio se destaque no mar de informação aos quais os seus clientes têm contato diariamente.

  • Não trabalhar o conteúdo

De nada adianta você ter uma ótima mensagem para passar, se não conseguir trabalha-la de forma adequada. Além de pensar em um bom texto que faça com que a pessoa clique para prosseguir no seu site, outras dicas são importantes como: usar o nome do remetente ou da empresa, para deixar o e-mail mais pessoal e dar mais segurança ao cliente de abri-lo e formatar o texto adequadamente e incluir links ao longo do corpo do texto que incentivem a pessoa ao clique.

Também é importante que o texto do e-mail cumpra o que foi prometido no link, caso contrário o cliente pode sentir-se enganado e se descadastrar da sua lista. E, claro, sempre enviar conteúdos relevantes e de qualidade, que possam ser do interesse do seu público.

  • Enviar apenas imagem no corpo do e-mail

Lembre-se que a maioria dos serviços de e-mail usam como padrão atualmente o bloqueio de imagens, sendo que a pessoa somente poderá ver o seu envio se clicar na autorização para exibir imagem. E, muitas vezes, as pessoas acabam desistindo no meio do caminho, já que têm muitos passos a serem cumpridos.

Facilite a vida dos seus clientes, e use um código HTML e imagens apenas quando necessário (e sempre coloque legenda nas mesmas, assim, caso ela não abra o seu cliente conseguirá saber do que se trata).

  • Fazer spam

Uma prática horrível no meio digital e que ajuda a sua empresa a ser mal vista pelos clientes é o spam. Além de totalmente ineficaz, essa prática é ilegal e, se muitos usuários marcarem o seu conteúdo como spam, será cada vez mais difícil atingir o seu público alvo, não é verdade?

Por isso, envie e-mails apenas para as pessoas que se cadastraram na sua newsletter ou que realizam contatos com a sua empresa, sempre deixe a opção para que o cliente se descadastre caso não queira mais receber aquele conteúdo e, periodicamente, faça uma “limpeza” na sua lista de contatos, excluindo aqueles usuários que não realizam nenhuma ação com os seus envios.

  • Não mensurar os resultados

Não adianta absolutamente nada você enviar uma série de e-mail marketing e não ter a menor ideia de qual a taxa de abertura dos mesmos ou quais os assuntos geram mais demanda.

Mensurar os resultados é fundamental para compreender o alcance da sua estratégia, planejar ações futuras, melhorar a estratégia atual e compreender o quanto longe a sua marca tem ido, realmente.

Ficou interessado no assunto e acha que a sua estratégia de e-mail marketing pode gerar mais vendas e melhorar o tráfego no seu site? Venha conversar conosco e saiba como podemos ajuda-lo!

‪#‎marketing‬ ‪#‎marketingdigital‬ ‪#‎marketingdeconteudo‬ ‪#‎todadigital‬ ‪#‎agenciademarketing‬ ‪#‎presencaonline‬ ‪#‎autoridadedigital‬

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *